slide
Cafés
Lançamento

Frete Grátis para Região Sul e Sudeste!

Frete Grátis para Região Sul e Sudeste!

0

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

Os livros fazem parte do meu dia-dia, e apesar da frequência de posts sobre esse tema ter diminuído, eles estão mais presentes do que nunca na minha rotina. Nos últimos dois anos eu tenho lido pouca ficção (diferente dos meus anos de adolescência, em que eu lia livros young adult toda semana), e feito uma imersão em livros sobre política, sociologia, filosofia, e principalmente, os de teoria feminista.

O que eu andei lendo nos últimos meses, e principalmente, em Outubro? Depois de pegar o hábito de ler mais de um livro por vez, não consigo escolher apenas um. Todos esses vão ganhar resenha própria no site depois!

Interpretado em anos anteriores pelo icônico Heath Leadger, o Coringa de Phoenix ganha outras nuances e camadas mais profundas; o destaque não fica apenas para o personagem, e sim para a sociedade e o entorno ao redor dele. A cidade fictícia de Gotham City poderia muito bem ser a Nova Iorque dos tempos atuais, nos bairros menos abastados da cidade.

“Do outro lado da moeda, temos Joker (Coringa), filme internacional que lucrou mais de um bilhão em bilheterias pelo mundo; com lançamento em Outubro de 2019, o filme já era aguardado a alguns anos pelos fãs do personagem. Dirigido por Todd Phillips e estrelado pelo sempre competente Joaquin Phoenix.”

O longa se passa no final da década de 70. Com cenas de cores frias e uma estética depressiva, não é apenas o protagonista, Arthur Fleck, que enfrenta momentos difíceis em sua vida. Gotham City encontra-se em uma recessão; boa parte dos habitantes da cidade perdeu seus empregos ou vive com salários baixos em prédios caindo aos pedaços. Os cenários do filme remetem a ruas apinhadas de lixo e pessoas infelizes. Ironicamente falando, poderia ser uma representação de qualquer metrópole contemporânea.

Autocuidado é um dos assuntos do momento. Tirar um tempo para você mesmo, fazer yoga, as famosas máscaras faciais; as opções são inúmeras, as dicas são várias. Quase todo mundo fala sobre e opina também. Eu levo o autocuidado muito a sério, especialmente depois de começar o meu tratamento – a três anos atrás – para o transtorno de ansiedade. Mas nessa jornada toda descobri que cuidar de você passa longe de ser uma linha reta ou um checklist que você precisa preencher. Pronto, será que depois de fazer tudo isso, eu já posso considerar que melhorei a minha saúde mental?

Eu descobri como a jornada de cuidar de si mesmo pode ser complicada e um verdadeiro compromisso quando encarei que precisava de mim mesma, para superar meus dias difíceis com a ansiedade. Sim, o remédio ajudava. Mas eu precisava de terapia. Precisava rever minhas escolhas, as minhas amizades, o que eu fazia com o meu corpo. Eu não pude aprender tudo isso sozinha, e foi necessário muitas tentativas para entender o que fazia bem para mim, e talvez esse seja o grande ponto chave: o que funciona para uma pessoa, pode não gerar o mesmo efeito em outra. E nunca é algo que vai funcionar sempre. Alguns dias são bem mais complicados que outros, mas isso a gente já sabe.

Penso que o autocuidado surge como tema em determinados nichos, e a maneira como ele é promovido também atinge as pessoas de maneira diferentes. Mulheres de raça e classes sociais diversas, assim como quem é da comunidade LGBT, enfrentam paradigmas distintos. Não é uma máscara de argila que vai resolver o mundo, e nem a ideia de comprar mais cosméticos que vai solucionar dificuldades e problemas complexos. Um hidratante da marca X ou aquele esporte que todo mundo está fazendo e custa uma mensalidade de 200 reais, não chega para todas as pessoas. Na verdade, chega para quase nenhuma delas.

A indústria de cosméticos no mundo conseguiu lucrar $141,3 bilhões em 2019 (e o ano ainda nem acabou); o Mito da Beleza, como descrito pela jornalista Naomi Wolf em 1990, sempre foi uma das maneiras mais eficazes de tentar domar as mulheres. Não é extraordinário o fato do mercado tentar se apropriar de uma pauta e transformá-lo em venda: historicamente, isso sempre aconteceu. Marcas apostam em estéticas clean e propagandas de marketing voltadas para que o consumidor cuide mais de si mesmo. É difícil distinguir o que realmente é eficaz ou não. E talvez a essência do seu autocuidado esteja longe de se basear em um determinado produto.

2019 para mim foi o ano das mulheres na música. É fato que elas dominaram a indústria musical em outros momentos também, mas esse ano minhas descobertas musicais – tanto nacionais quanto internacionais – permearam entre letras sobre assumir sua sexualidade, superar o final de um relacionamento, dar voz às outras mulheres na música: é só dar uma olhada no post do Valkírias de melhores do ano que podemos perceber que as composições e revelações do ano ficaram para as mulheres. Sejam elas jovens – como Billie Eilish -, ou já maduras no cenário, como Beyoncé, sem dúvidas nossas playlists foram dominadas por cantoras do pop ao rock, que cantaram suas verdades nos últimos doze meses.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.



Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Quis ipsum suspendisse ultrices gravida. Risus commodo viverra maecenas accumsan lacus vel facilisis.

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

Newsletter

Cadastre seu email para ser avisado sobre nossos lançamentos e promoções!


Pagamento
Bella Fiori Cafés Especiais | CNPJ: 39.501.746/0001-29
desenvolvido por Susan Move